Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




De noite...

por mulher, em 30.04.15

De noite... é isto.

De tarde... é a desgraceira total.

 

11196302_955419697868063_4526646548991687165_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diz que...

por mulher, em 29.04.15

Hoje é o dia da Dança. E isto é o que eu tenho a dizer sobre o assunto :

 

11082241_461438890676564_772659079402983003_o.jpg

 

Danço para rir, para chorar, para lembrar, para esquecer. Danço com paixão, com raiva, com energia, com cansaço. Danço sempre como se a minha vida dependesse disso.  Feliz dia da Dança.

 

dia mundial da dança.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há músicas, ui, há músicas...

 

Tourner La Page

J'ai vu sur ma route plein de paysages
Avec des mots je peins des images
Sortie de ma cage, monté d'un étage
Aujourd'hui je plane dans les nuages

Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter,
C'est pas si facile de tourner la page.
Quand le présent m'échappe et que le passé me trac
Je soupire pour dire dommage
Je m'arrête un moment, juste pour une chanson
Je rattrape le temps volage

Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter
Mes joies et mes peines
Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter
J'attends cette vague qui m'appelle
Pour pardonner les mots muets, le temps coule dans le sablier
Pour oublier, ne pas plier, j'avance sans savoir ou je vais.

J'essaie de tourner la page

Ivre comme un poète, libre comme une mouette,
J'accompagne les solitaire au large
Dans un océan de reges, sous le beau temps ou l'orage,
Je dépose mon ombre et je nage

Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter, c'est pas si facile de tourner la page

A ceux qui m'écoutent et qui d'eux même sont otage,
J'écris pour vous dire courage.
A ceux qui m'écoutent même lorsque je doute
Je chante merci je vous aime quand je suis lâche

Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter
Mes joies et mes peines
Je laisse la vie m'emporter, je laisse ma plume me porter
J'attends cette vague qui m'appelle
Pour pardonner les mots muets, le temps coule dans le sablier
Pour oublier, ne pas plier, j'avance sans savoir où je vais.

J'essaie de tourner la page

J'ai vu sur ma route plein de paysages
Avec des mots je peins des images
J'ai vu sur ma route plein de paysages
Avec des mots je peins des visages
J'ai vu sur ma route plein de paysages
Avec des mots je rends hommage

 

Zaho, Tourner la page

 

https://youtu.be/s_S4RSn0n-g

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira : hell yeahhhhh

por mulher, em 24.04.15

A minha professora de Kizomba disse-nos que era importante, para além das aulas, dançarmos "no social". Ora, este conceito de dançar a pares em sítios públicos, é algo que escapa aqui à rockeira. Primeiro, porque até hoje não se interessou por músicas que implicassem tamanha proximidade. Depois, porque tendo noção que não nasceu bem para estas artes e que tudo o que consegue é com relativo esforço, fica assim a modos para o envergonhadito... Mas se a professora diz, está dito e não se fala mais nisso. Sendo assim, numa das nossas saídas de miúdas do Zumba, quando alguém perguntou "onde é que vamos agora?",  lancei um " Vamos ao Llum!" , E lá fomos nós,  sete mulheres, direitinhas  à Recta da Granja, no Campo Raso, Sintra, onde às sextas é noite de Kizomba com direito a aula e tudo ( graças aos Deuses, que uma pessoa já não se sente tão mal, caramba, afinal sempre há outras alminhas novatas no assunto...) .Eu gosto do Llum. Tem  bom ambiente, atendimento simpático, as senhoras não pagam entrada nas noites de Kizomba Xpecial, aprende-se passos novos nas demonstrações.... Só vantagens ;-). Se ainda não conhecem, força nisso. Hoje é dia :

 

11146345_499634983519266_2527465956137244756_o.jpg

 

 

E se por acaso Kizomba não é a vossa onda, aí vai a outra sugestão aqui da Mulher, para hoje :

 

11160665_927617717259039_9067789196212351852_n.jpg

  Que eu não quero que vos falte nada. ;-)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lá está.

por mulher, em 24.04.15

;-)

 

11150194_831902046899246_8607128986085733465_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Malhar, pois então..

por mulher, em 22.04.15

Que remédio...  ;-)

 

10942362_976536005690423_7348345029458546524_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

De caixas.

por mulher, em 20.04.15

Caixa alguma, Isa Lisboa

 

 

 

Não caibo nessa caixa. Dou-te um pré-aviso, ainda que sabendo que não me ouves.
Não ouves o que te digo e por isso vais tentar colocar-me lá dentro, vais até ignorar o meu esbracejar defensivo. Acharás que podes mais que a física e que consegues colocar-me lá dentro. Tentarás fechar a tampa, usarás a força se for preciso. Mas a tampa não vai fechar.
E, porque acharás sempre que encontrarás um lugar onde me colocar, irás buscar outras caixas. E o périplo de novo se iniciará. Hei-de sempre resistir e tu hás-de sempre tentar. Talvez sejamos apenas dois teimosos, que insistem em teimar, apesar das evidências.
Mas eu não caibo nessa caixa. Por isso não posso deixar-te. E não caibo em nenhuma. Pelo menos não caibo, certamente, em nenhuma dessas que insistes em fazer-me ajustar.

# Monólogos da Desalinhada #

Instantâneos a preto e branco
http://instantaneospretobranco.blogspot.pt

Foto: Autor não identificado

10346599_758978604218452_8640236770894459595_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mil e uma maneiras, é o que é.

por mulher, em 16.04.15

No meu tempo ( a sério? eu já estou a escrever coisas como "no meu tempo" ? ), era muito mais difícil ser rejeitado. Também o eramos, evidentemente. Quem nunca ficou horas de olho no telefone pousado mudo e calado na mesinha do corredor, levantando de vez em quando o auscultador, que as linhas telefónicas não eram de fiar? E quando alguma tia ligava, dando conversa infinita à nossa mãe, ocupando o dito, para nosso desespero? Ah, que tortura, meus amigos, que tortura...Ao fim ao cabo aquele era o único meio de comunicação! Esse e sinais de fumo. Em passando o timing precioso, não havia fim-de-semana que se salvasse. Não há-de a geração de adolescentes dos anos 80 andar a entupir os consultórios com úlceras. Elas não matam mas moem...

De qualquer forma, hoje em dia, a coisa é muito pior. Num mundo onde toda a gente tem que estar contactável 24 horas por dia, existem múltiplas formas de rejeição. Ele é SMS, voicemail, msg facebookiana, whatsapp, twitter, sei lá eu, mil maneiras de ignorar o outro. Safa. Como é que esta gente aguenta??

 

17406_945651572178209_4185520543990497898_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Montras d'hoje

por mulher, em 16.04.15

No Leiria Shopping.

 

imagem5502.jpg

 

imagem5504.jpg

imagem5501.jpg

Luisa de Sá Boutiques 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trabalhinho de hoje.

por mulher, em 14.04.15

No CC Vasco da Gama, Lx, Luisa de Sá Boutiques

 

imagem5484.jpg

 

imagem5483.jpg

 

imagem5486.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pessoas com bom gosto


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D