Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Também vos acontece o mesmo? O horror : olhar para o closet e... este não serve, este também não, este já era, este marca a barriga... Tanta coisa gira para vestir e estamos reduzidas aos mesmos conjuntos de sempre. E depois juramos começar a dieta mas até gostamos de comer e a vida são dois dias e... E depois temos a ideia peregrina...vou correr! não, vou fazer ginástica! Mas hoje já é dia 10, não podemos começar a meio do mês e o fim do dito chega num instante e esquecemo-nos, e não podemos ir sozinhas, temos de convencer uma amiga e isso leva tempo...

Get the picture?

Se não, passem ao post seguinte. Se sim, oiçam o que a Célia Francisco tem para nos dizer :-)

 

 

 

ESCOLHA DO DIA: porquê não faço exercício? Ou faço pouco exercício? Certamente já leu muito sobre os benefícios para a sua saúde da prática constante e contínua de actividade física. No entanto, nem mesmo assim se decidiu a incluir o exercício na sua vida diária? Vamos reflectir em conjunto. Vou enumerar um lista de motivos habitualmente usados para justificar as faltas ao ginásio ou a inactividade.

 

 A saber: 1 - estou muito ocupado 2 - fazer exercício é chato 3 - tenho dores que me impedem de fazer exercício 4 - ir para um ginásio custa muito dinheiro 5 - estou com muito peso para fazer exercício 6 - não tenho coordenação para fazer uma actividade física 7 - está muito calor ou muito frio 8 - vou estragar o meu penteado 9 - ando muito cansado 10 - detesto suar 11 - ...

 

Como verifica, muitos outros motivos poderiam ser apontados para não iniciar a sua rotina de actividade física. No entanto, não se esqueça que para fazer exercício não necessita de fazer 2 horas de ginásio 5 vezes por semana. Cada pessoa tem um estilo de vida, com horários diferentes e disponibilidades horárias díspares. Para além disso, nem todos nós temos que obrigatoriamente adorar exercício. A realidade não é assim! E sabem o que tenho descoberto ao longo de todos estes anos em que acompanho pessoas? Que as resistências iniciais ao exercício desaparecem, quando começam a ter as consequência positivas do exercício. Tais como: perda de peso, melhoria do estado de humor, redução de situações médicas (diabetes, colesterol, tensão), um corpo mais definido e tonificado e um benefício que eu destaco sempre: o sentimento de PODER PESSOAL que o exercício nos dá. Porque fazer exercício também tem algum sacrifico associado, mas cada vez que colocamos um pé no ginásio, subimos as escadas do emprego ou vamos dar uma caminhada com a melhor amiga, sentimos esse sentimento de controlo e poder. Consegui convencer-vos a fazer exercício? :-) Façam ao vosso ritmo e escolham uma actividade que se adapte aos vossos gostos, dinheiro e horários. Bons treinos!!!

 

 

Celia Francisco

 

A página da Célia é esta :

https://www.facebook.com/PsicologaCeliaFrancisco?fref=ts

 

 

Eu já comecei!!! Wish me luck ! ;-)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D