Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não compreendo os homens - Parte III

por mulher, em 03.07.14

O Manda-o-Barro-à-Parede

 

 

O Manda-o-barro-à-parede é uma outra espécie vulgaríssima no género humano. Ele está... bom, basicamente está em todo o lado, versão moderna de Grande Irmão. Podemos encontrá-lo no nosso local de trabalho ou  numa esplanada à beira-mar, é igual. O meio ambiente não é de modo algum impeditivo para esta espécie se desenvolver. Curiosamente , floresce preferencialmente em elementos casados, amancebados ou  enlaçados. O solo será mais fértil, quiçá...  I believe I can fly, já cantarolava R.Kelly, e assim parece acreditar o Manda-o-barro-à-parede.  Ganha asas e o mundo ( o mulherio em geral, entenda-se...) é todo dele. Se em casa é apático e sisudo, fora do ninho torna-se um verdadeiro audaz. Até porque a sorte protege os audazes... E aí vai ele,  galanteando à esquerda e à direita, não sendo particularmente esquisito quanto à colheita.

Porquê Senhores, porquê, perguntamo-nos... Será que não percebem que são uma espécie altamente reconhecível, qual rã tóxica de cores fluo?

É um mistério.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D