Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ultraficar do MEC

por mulher, em 17.05.14

Porque é fim de semana e este sol convida a momentos preguiçosos. Porque temos dificuldade em reduzir a mudança de quinta para uma terceira, vá, que seja. Porque a informação chega a nós num catadupa tal que mal temos tempo de digeri-la antes de passar à seguinte, correndo sérios riscos de indigestão. Porque nem conseguimos aproveitar o momento na ânsia de mais uma partilha. Ultraficar parece-me tão bem.

 

 Miguel Esteves Cardoso em http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ultraficar-1636137

 

 

Há anos que não tenho férias mas ontem, ao voltar da praia, lembrei-me de ser pequenino em férias no Algarve. Quando havia trânsito, o meu pai tinha uma política radical: ou arriscava todas as nossas vidas a ultrapassar tudo a cento e quarenta à hora numa série de manobras perigosíssimas a que ele chamava "riscos calculados" ou desistia e abandonava o veículo. Íamos passear, almoçar ou jantar cedo no primeiro sítio que encontrássemos. Assim não perdíamos tempo. Quando voltávamos ao carro, já não havia trânsito.

 

Ontem apanhámos três autocarros turísticos à nossa frente na estrada lindíssima que vai da Malveira da Serra até Colares. Eram inultrapassáveis e a Maria João sugeriu que andássemos mais devagar ainda, para os deixar ir.

Foi o que fizemos. Os autocarros desapareceram na distância tão certamente como se os tivéssemos ultrapassado. Procurámos o antónimo de ultrapassar e a Maria João saiu-se com ultraficar.

Ultraficar é uma variante da estratégia do meu pai: é um ficar excessivo, que ultrapassa o problema, sacrificando a pressa a favor do luxo da preguiça e do vagar.

 

São muitos os momentos da vida em que mais se ganha em ultraficar do que em tentar ultrapassar. A pressa é uma aflição auto-inflingida. Recusá-la é um prazer. Fica-se com o dia todo atrasado? Não, apenas ficou ocupado de uma maneira diferente; melhor.

Ultraficar é ver os obstáculos como uma oportunidade para ficar por ali. É a desculpa perfeita. E ultrafiquemos por aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De mulher a 19.05.2014 às 22:42

Sem dúvida! :-)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pessoas com bom gosto


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D